sexta-feira, 18 de junho de 2021

Dino evita polêmica sobre 108 mil doses de vacinas para slz e culpa Bolsonaro

O governador Flávio Dino (PCdoB) evitou, na manhã desta sexta-feira, 18, entrar na polêmica sobre as mais de 108 mil doses de vacinas contra a Covid-19 que a Prefeitura de São Luís cobra do Governo do Maranhão.


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), que é quem repassa os imunizantes aos municípios, afirma que já foram repassadas 771.416 doses para a capital, mas a gestão Braide diz ter notas de entrega confirmando o envio de apenas 662.605 (saiba mais).

No seu pronunciamento de hoje sobre o panorama da pandemia no estado, Dino disse não ver razão para polêmica e assegurou que as doses são distribuídas conforme decidido pela Comissão Intergestores Bipartites (CIB).

O, agora, socialista, não tratou especificamente da diferença de números apresentados pelo seu governo e pela Prefeitura de São Luís, e culpou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo que considera baixo número de vacinas disponibilizadas à população

Nenhum comentário:

Postar um comentário