sábado, 15 de maio de 2021

Desembargadora propõe ao presidente do TJMA ressarcimento de gastos home-office

A desembargador Nelma Sarney encaminhou um ofício ao presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Lourival Serejo, sugerindo o ressarcimento de gastos com o home office durante a pandemia da Covid-19.

No documento, a magistrada propõe que a Corte Judiciária analise a viabilidade de compensação de gastos extraordinários com o atual modelo de trabalho adotado.

Nelma Sarney afirmou que houve um aumento significativo e gastos pessoais dos servidores e magistrados com a implantação do regime remoto. A desembargadora frisou que os custos são oriundos da energia elétrica, internet, e equipamentos.

A desembargadora argumentou que, em razão da mudança dos locais de trabalho, o Tribunal teve uma economia com os gastos de energia elétrica, serviços de manutenção, material de expediente, passagens e diárias. “Não se trata de qualquer tipo de ”ajuda de custo”, mas de justa e correta compensação de gastos”, enfatizou.

Fonte| Neto Ferreira


Nenhum comentário:

Postar um comentário