sábado, 20 de junho de 2020

Câmara de Paço do Lumiar defende ações para ajudar trabalhadores da cultura luminense

A Câmara Municipal de Paço do Lumiar realizou nesta sexta-feira (19), a 9ª sessão Extraordinária por meio do sistema de deliberação remota por videoconferência. Na ocasião, os parlamentares debateram assuntos voltados para o benefício da população luminense. 


Dentre eles, uma indicação apresentada pelo vereador Wellington Sousa, que solicita ao Poder Executivo, que encaminhe para a Câmara um Projeto de Lei que disponha sobre a utilização dos valores existentes no Fundo Municipal de Cultura para serem aplicados em ações emergenciais que beneficiem trabalhadores e entidades do setor cultural do município. 

O parlamentar argumentou que as pessoas que trabalham produzindo atividades culturais estão desassistidas e que devido à pandemia provocada pela covid-19, não estão podendo desenvolver seus trabalhos, especialmente nessa época de festejo junino. 

Ao contribuir com a proposta, o presidente da Casa, vereador Fernando Muniz lembrou da época que esteve à frente da secretaria municipal de cultura, buscou fazer tudo dentro da legalidade, e, que os recursos do Fundo eram administrados pelo Conselho Municipal de Cultura. O parlamentar destacou que os grandes eventos juninos marcam a cultura do povo luminense.

A sessão remota foi marcada ainda por outro debate, uma proposição apresentada pelo vereador Jorge Brito diz respeito à merenda escolar. O vereador pediu que a Câmara possa encaminhar um ofício para a prefeitura cobrando explicações acerca da merenda escolar, que mesmo com as aulas paradas devido à pandemia, o Executivo ainda não providenciou a distribuição dos alimentos em forma de cestas básicas. A vereadora Ana Lúcia aproveitou para ressaltar que o Executivo não está cumprindo com a Lei federal que garante a merenda escolar nas escolas públicas. 


A parlamentar Drielle da Pindoba afirmou que a prefeitura também não fez a aquisição da produção agrícola local. Disse que os agricultores continuam cultivando, mas que a prefeitura não está cumprindo o programa.

O vereador Inácio Ferreira aproveitou para informar que esteve na comunidade da Vila Cafeteira e que os moradores estão insatisfeitos com os serviços nas ruas e avenidas do bairro. Segundo o parlamentar, os moradores dizem que o serviço apresentou alguns problemas. Inácio frisou que esse também é o papel do vereador, ouvir o descontentamento da população e buscar a solução junto ao poder público.

A Câmara Municipal de Paço do Lumiar voltará a se reunir de forma remota na próxima semana para deliberar novas proposições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário