quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Mundo em alerta! Temperatura na Antártica sobe e fica igual à de Los Angeles em 1 dia

Poder 360 — Fevereiro teve recorde de calor. Alta temperatura derreteu geleiras

IMAGEM DE SATÉLITE DA NASA 

 No início de fevereiro, as temperaturas na Antártica pareciam atingir 1 recorde de 64,9 graus Fahrenheit (pouco mais de 18º Celsius), igualando a temperatura de Los Angeles.
Novas imagens divulgadas pela NASA (Agência mostram o dramático derretimento do gelo causado pela onda de calor, um fenômeno que está se tornando cada vez mais comum na península.
O Observatório Terrestre da NASA divulgou duas novas imagens na 6ª feira (21.fev.2020) pelo Operational Land Imager no Landsat 8, que mostram a diferença na calota de gelo da Ilha Eagle entre 4 e 13 de fevereiro.
OMM (Organização Meteorológica Mundial) segue trabalhando para verificar a temperatura recorde, mas a agência chamou a Península Antártica de uma das regiões de aquecimento mais rápido da Terra.
A onda de calor se destacou por protagonizar clima atípico na costa da América do Sul. Temperaturas quentes se acumularam devido a uma alta pressão sobre o Cabo Horn, no Chile. Enquanto o ar quente é normalmente mantido fora da península por ventos fortes, os ocidentais estavam em 1 estado enfraquecido, permitindo que o ar quente chegasse à camada de gelo.
Segundo os cientistas, foi o 3º grande evento de derretimento do verão antártico deste ano, depois de períodos quentes em novembro e janeiro.
Os cientistas também encontraram recentemente água morna pela 1ª vez sob 1 ponto vital da “geleira do dia do juízo final” da Antártida, apelido de uma das geleiras mais derretidas da Antártida.
O colapso dos 74.000 quilômetros quadrados de Thwaites poderia liberar uma massa de água aproximadamente do tamanho da Flórida ou da Grã-Bretanha, elevando o nível do mar em mais de 1 metro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário