quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Governo Flávio Dino estoura limite de gasto com pessoal e coloca Maranhão em estado de alerta

Do Blog Jorge Aragão ― Dia após dia, os números seguem comprovando o fracasso do Governo Flávio Dino no Maranhão. A mais nova informação, que reafirma essa tesa, é que a gestão comunista conseguiu desrespeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal e ultrapassou o limite permitido com gastos pessoal.


De acordo com informações do Tesouro Nacional, o Maranhão é um dos 12 Estados que conseguiu superar o limite permitido de 60% da receita corrente líquida em gastos com pessoal, incluindo ativos e aposentados.
Segundo o Tesouro, os estados que ultrapassaram o limite de 60% foram: Tocantins, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Acre, Goiás, Piauí, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rio de Janeiro e Maranhão.
O assunto inclusive foi destaque na TV Globo, no Bom Dia Brasil, desta quarta-feira (14). (clique aqui para ver).
Recordar é viver – Como este Blog gosta sempre de fazer, é importante recordar para, em alguns momentos, se restabelecer a verdade dos fatos.
O mesmo assunto foi matéria em março de 2015 no mesmo Bom Dia Brasil da TV Globo. Só que naquela oportunidade, com Flávio Dino como governador em apenas três meses, o Maranhão era um dos poucos Estados que respeitava a Lei de Responsabilidade Fiscal, estando com as despesas com pessoal no limite.
No entanto, quatro anos depois de Flávio Dino assumir o comando do Maranhão, os números mostram uma realidade totalmente diferente e comprovam a fracassada gestão comunista.
Ou seja, a reportagem de março de 2015 e a de agosto de 2019, comprovam o fracasso do Governo Flávio Dino e que, desta vez, ele não poderá responsabilizar o governo anterior pela sua incompetência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário