quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

E o nepotismo continua...

Drª Núbia Dutra detêm o poder de três pastas importantes desde o início da gestão do Marido ''Dutra-Futi''.


Depois de o prefeito Dutra (PCdoB) ter nomeado a 'esposa primeira-dama', Drª Núbia Dutra (PTC) para a 'super-secretaria', a excelentíssima Promotora de Paço do Lumiar, Gabriela Brandão da Costa Tavernad recomendou que a mesma fosse exonerada do cargo, pois tal prática é caracterizado como crime de nepotismo.


Mesmo diante da recomendação dada pela promotora, o prefeito Dutra ignorou e ainda hoje mantém o abuso que vai de encontro com a lei.



Deixando claro o crime cometido, o Supremo Tribunal Federal (STF), qualificou: ''em sua Súmula Vinculante número 13 esclarece que a nomeação de parentes sem qualificação técnica para cargos políticos, isto é, de primeiro escalão, como é o caso de Núbia Dutra, caracteriza prática de nepotismo. A explicação foi data em fevereiro de 2016 pelo ministro Luiz Fux. Além de ferir a Súmula Vinculante nº. 13 e violar o interesse público, a nomeação da mulher do prefeito eleito de Paço do Lumiar para a super pasta é contrária ao princípio republicano e afronta ainda aos princípios administrativos da moralidade e da impessoalidade, da Constituição Federal.''



''Dutra-Futi'' que outrora era 'rei' dos princípios éticos e morais e em Brasília quando deputado arrotava às boas condutas, agora se avacalha ao manter a esposa no cargo.

Não custa nada lembrar que a doutora foi rejeitada nas urnas de Paço do Lumiar em 2012 e 2016 . 


Sem ninguém para barrar esse abuso ''Dutra-Futi'' segue cometendo o crime de nepotismo.









Nenhum comentário:

Postar um comentário