quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

PARTE I! - Veja quem são os políticos que ficarão sem mandatos a partir de 2019

Depois de passarem 4 anos em posse de um mandato de deputado estadual o blog traz a lista de políticos que a partir de 2019 ficarão sem mandato.


Pela Assembleia Legislativa do Maranhão:

- Alexandre Almeida (PSDB) que está no segundo mandato e se aventurou em uma precoce candidatura ao senado ficando apenas em 7º lugar.

- Andrea Murad (PRP)  a filha do clã Ricardo foi oposição ao governo Dino do começo ao fim e amargou uma derrota dolorosíssima, há quem diga que ela foi eleita em 2014 por que o pai estava no poder, outros dizem que em 2020 ela vai disputar a prefeitura de Coroatá. Será? 

- Cabo Campos (PATRI) depois de sucessivos erros e escândalos, o resultado não poderia ser outro. Foi espulgado da política. (Espancou a mulher, ''abandonou os irmão de farda'', entrou na coligação da morte), obteve míseros 8.714.

- Dr. Levi Pontes (PCdoB) outro que cometeu erros absurdos, e se envolveu em escândalos. (Não honrou compromissos, deu peixe demais, e não esqueceu o hospital de Chapadinha - ironia), nem de longe para com seu honroso pai. Resultado ganha o título de 'deputado bananeira'.

- Fábio Braga (SD) relaxou, pensou que já estava eleito. Só se esqueceu que seu partido tinha nomes de peso, aí já viu né, ataca comeu!!!

- Francisca Primo (PCdoB) deixou o certo pelo duvidoso (PT pelo comunismo), tudo para agradar o 'mestre guru', talvez se tivesse ficado com os trabalhadores certamente teria mais um mandato.

- Graça Paz (PSDB) outra que também conseguiria um acento, mas decidiu sair a vice de Roberto Rocha. Colocou o filho Guilherme Paz, que teve um desempenho razoável, mas não conseguiu se eleger.

- Heméterio Weba (PP) entrou na briga derrotado, mais de teimoso que é. Com problemas na justiça Weba até se saiu bem e teria um acento garantido na ALEMA, os votos não foram computados.

- Junior Verde (PRB) bem votado, não conseguiu ter êxito como o irmão que está perpetuado em Brasilia.

- Léo Cunha (PSC) vindo da região tocantina Cunha teve um desempenho tímido na ALEMA e não poderia ser diferente nas urnas.

- Max Barros (PRP) nem eleição disputou...

-Raimundo Cutrim (PCdoB) tentou a reeleição, foi bem votado, só que a coligação não ajudou. Ta fora do jogo!

- Rogério Cafeteria (DEM) sob o efeito de líder de governo, a votação baixa lhe credenciou a derrota!

-Sérgio Frota (PR) uma hora deputado, outra hora presidente do Sampaio; detalhe com a campanha do time ruim, o resultado só poderia ser a derrota nas urnas.


- Sousa Neto (PRP) entrou na disputa, mas no meio do caminho desistiu. Ainda bem! O resultado seria horroroso, ou não.

-Valeria Macedo (PDT) apesar da boa atuação teve apenas 29.650 votos não conseguiu passar dos caciques e zebras do PDT.


Nenhum comentário:

Postar um comentário