sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Veja lista de candidatos a deputado estadual votados em Paço do Lumiar

Conforme antecipado pelo blog (veja aqui) segue abaixo a lista dos candidatos a deputado estadual eleitos  e não eleitos votados em Paço do Lumiar e suas respectivas lideranças.


Zé gentil - 1.408 votos (eleito, teve apoio dos irmão Campos e do ex-prefeito Josemar Sobreiro)
Yglesio Moyses - 733  votos (eleito)
Augusto de Jesus - 687 votos ( suplente de vereador em Paço, apesar da boa votação em todo Maranhão, em Paço é considerado poucos votos) 
Marcio Honaiser - 1.052 votos (eleito, Apoiado por Fernando Feitosa e Ana Lúcia, poucos votos para um suplente e uma vereadora de mandato)
Helena Duailibe - 1.465 votos (eleita)
Drª Thaiza Hortegal - 152 votos (eleita)
Ciro Neto - 35 votos (eleito)
Fabio Macedo - 231 votos (eleito)
Glaubert Cutrim - 463 votos (eleito)
Ricardo Rios - 710 votos (eleito)
Cleide Coutinho - 69 votos (eleita)
Zé Inácio - 275 votos (eleito, apoiado por Jean Marcelo)
Honorato - 373 votos ( não eleito, teve o apoio do ex-vereador Marcelo Protela)
Mical Damasceno - 356 votos (eleita)
Arnaldo Melo - 455 votos (eleito, com o apoio do ex-prefeito Gilberto e da vereadora Carmem, votação baixa)
Roberto Costa - 169 votos (eleito)
Frank Fonseca - 572 votos (não eleito, um desempenho razoável)
Pará Figueiredo - 877 votos (eleito, apoiado pelo atual prefeito Dutra, votação páfia que o gestor deu ao seu aliado)
Sandro Dias - 603 votos (não eleito, ganhou oxigenação para a próxima eleição)
Detinha - 527 votos (eleita, apoiada pelo Inaldo Pereira, votação baixa)
Helio Soares - 916 votos (eleito)
Vinicius Louro - 27 votos (eleito)
Paulo Neto - 427 votos (eleito, foi apoiado por Ricardinho do Salão)
Andreia Rezende - 333 votos (eleita, apoiado pelo presidente da Câmara Marinho e Vanusa; votação vergonhosa)
Antonio Pereira - 11 votos (eleito)
Daniella Tema - 448 votos (eleita, apoiada por Puluca, Wagner e Neto Vicente, votação baixa)
Neto Evangelista - 1.802 ( eleito, apoiado por vereador Wellington)
Jorge Maru - 1.333 votos (não eleito, indeferido com recurso; manteve a votação de vereador)
Felipe dos Pneus - 91 votos (eleito)
Helena Leite - 211 votos (não eleita)
Dr Leonardo Sá - 50 votos (eleito)
Marcial Lima - 554 votos (não eleito, apoiado por comunicadores locais e lideranças comunitárias)
Helio Kamelo - 112 votos (não eleito)
Wendell Lages - 351 votos (eleito)
Edivaldo Holanda - 1.005 votos (não eleito, apoiado pelos vereadores Miguel e Fernando Muniz)
Marcelo Tavares - 100 votos (eleito)
Edson Araújo - 229 votos (eleito)
Adriano Sarney - 863 votos (eleito, com o apoio da ex-prefeita Bia)
Rigo Teles - 250 votos (eleito)
César Pires - 69 votos (eleito)
Wellington do Curso - 1.236 votos (eleito)
Jota Pinto - 948 votos (não eleito, apoiado pelo vereador Julio Pinheiro)
Ana do Gás - 809 votos (eleita)
Othelino Neto - 1.007 votos (eleito, apoiado pelo vereador Miau)
Profº. Marco Aurélio - 191 votos (eleito)
Duarte Jr. - 3.062 votos (eleito)
Carlinho Florêncio - 639 votos (eleito)
Adelmo Soares - 336 votos (eleito)
Raimundo Cutrim - 289 votos (não eleito, teve o apoio de Paulo Sampaio)
Francisca Primo - 1.248 votos (não eleita, apoiada pelo vereador Inácio)
Felipe Pessoa - 61 votos (eleito)
Rildo Amaral - 42 votos (eleito)
Pastor Cavalcante - 21 votos (eleito).

Portanto Luminenses, esses são os deputados e lideranças que deverão ser cobrados a partir 2019, os eleitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário