terça-feira, 2 de outubro de 2018

É RÉU! Aliado de Flávio Dino, Weverton responde no STF por peculato e fraude a licitação

Apesar de não ter sido ainda condenado ou absorvido, pois o processo ainda vai ser julgado, o candidato ao senado Weverton Rocha do PDT é réu no STF.

Imagem extraída da internet


Aliado de primeira ordem de Flávio Dino, tanto prova que foi Weverton o primeiro a ser escolhido pelo comunista para compor a 1ª vaga na disputa do senado, responde no Supremo Tribunal Federal (STF) por desvio de dinheiro público e fraude a licitação, que corresponde a reforma do Ginásio Costa Rodrigues, quando a época Weverton era secretário de Esporte e Lazer. 

 O Ministério Público afirma na denúncia que o contrato, com dispensa de licitação, foi fechado inicialmente em R$ 1.988.497,34. Posteriormente, destacou o MP, Weverton Rocha assinou um termo aditivo ao contrato inicial no valor de R$ 3.397.944,90.
A suspeita de irregularidades na contratação da construtora começou a ser investigada pelo Ministério Público maranhense, mas o caso foi enviado ao Supremo quando Weverton Rocha assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados.Segundo as investigações do MP, houve fraude no procedimento administrativo que contratou a empresa Maresia Construtora Ltda para executar a obra. Os procuradores da República afirmam que houve omissões, descuidos e condutas irregulares por parte de Weverton Rocha.A denúncia do Ministério Público acusou Weverton de alterar contrato "de forma ilegal", contrariando o que prevê a Lei de Licitações.
Saiba mais aqui, aqui



Nenhum comentário:

Postar um comentário