segunda-feira, 30 de julho de 2018

VÍDEO-POLÊMICA: com aval do prefeito Dutra, governador Flávio Dino faz ''obra''e destrói praça

De forma irresponsável e sem comunicar a comunidade da região da Maioba, governador tenta fazer obra que vai trazer transtornos aos moradores.


Segundo informações, na 6ª feira (27.jul) maquinas chegaram na altura da praça São João, MA-204 e Estrada do Sito Grande, em Paço do Lumiar e começaram  a destruir o local para construção de um retorno. O que poderia ajudar a comunidade e melhorar o transito na localidade, já é visto como um grande problema.

O retorno além de tomar conta do logradouro público que é considerado um patrimônio histórico, ainda será executada em frente a escola Dr. Luiz Sergio Cabral, onde várias crianças e adolescentes fraquentam o local.


Os moradores estão indignados com o que eles consideram uma falta de respeito tanto do prefeito Dutra que segundo informes deu o aval ao governador Flávio Dino para executar a obra que é de responsabilidade do governo do estado.

Durante a 6ª feira, os moradores fizeram uma manifestação inclusive que resultou com a paralisação parcial da obra.


2 comentários:

  1. Nem escola, muito menos praça deveriam está onde estão, a construção no bordo de rodovias devem obedecer o espaço destinado ao lote lindeiro, conforme consta no CTB.
    Esse trecho da estrada não tem uma semana que foi recuperado e os animais atearam fogo, deveriam ser responsabilizados pelo vandalismo.
    Tanto tempo que essa MA passou esquecida e quando alguém resolve fazer alguma coisa vem meia dúzia de desocupados querendo tumultuar.

    ResponderExcluir
  2. Amigo jovem sincero, procure saber das coisas para não falar asneira. A escola, a praça bem como várias residencias já existiam antes mesmo da rodovia ser uma MA. O povo quer que a obra aconteça, mas precisamos saber de que se trata, e se haverá benefícios aos moradores, pois acabará com o único espaço de lazer da comunidade. Infelizmente o governador é cercado de gente incompetente que deixa esse tipo se situação acontecer.

    ResponderExcluir