sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Radialista assedia candidatos a vagas de jornalista em São Luis

Um apresentador de programa da Rádio Universidade FM, de nome Samir Ewerton, vinha colhendo currículos de jornalistas para provável contratação à TV Metropolitana, que ainda vai ser instalada em São Luís, e oferecendo o “teste do sofá” ou sexo em outros lugares para quem desejar ganhar o emprego. São 48 pessoas assediadas que replicaram as conversas (propostas) do tarado e duas já registraram boletins de ocorrência na Delegacia da Mulher.
Depois da repercussão, a jornalista Acsa Serafim, do portal MA10, também contou detalhes da proposta que recebeu. “Samir Ewerton está dizendo por aí que ele está recrutando, junto a Henrique Paz, pessoas para trabalharem na Metropolitana, usando, assim, o nome da TV e do Henrique (que já foi meu chefe) para conseguir sexo fácil”. Segundo ela, já existe um grupo de rede social com mais de 50 mulheres afirmando terem passado por casos de assédio com o suspeito.
Samir que trabalhava na rádio Universidade FM acabou sendo demitido. Em uma nota, relatou que perdeu seu celular durante o final de semana, negando as acusações. Prometeu ainda buscar reparação na Justiça.
De acordo com a delegada Wanda Moura, o radialista será intimado para prestar depoimento e ainda pode responder por outros crimes, além de assédio.

  O Sindicato dos Jornalistas reagiu com nota repudiando a atitude; confira abaixo:




SINDICATO DOS JORNALISTAS
Companheiros
Diante da notícia da prática de atos ilegais de assédio sexual contra senhoras e senhoritas jornalistas, por parte de um radialista se dizendo preposto de uma empresa de comunicação, que estaria exigindo sexo em troca de vaga de emprego, solicitamos às vítimas que encaminhem a este sindicato, denúncias, através do e-mail :
Sinjorslz@gmail.com

Para que providências legais sejam formalizadas junto às autoridades competentes.
Agradeço a colaboração de todos e todas.

Douglas Cunhã
Presidente

Nenhum comentário:

Postar um comentário