PESQUISAR

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Policias da BPRV agem com truculência

Não é de hoje que os Policiais Militares destacados do Batalhão de Policia Rodoviária  Estadual (BPRV) - antiga CPRV - agem com truculência contra os proprietários e condutores de veículos no Maranhão.


Muita das vezes os condutores não estão em situação irregular, e por pequenos detalhes que podem ser reparados rapidamente, acabam sendo tratados de forma autoritária e deixando incrédulo a saciedade, que num estante deveria se sentir segura, porém, acabam se sentido amedrontados com esse tipo de situação.


No último dia 10, um motorista foi agredido por policial da BPRV  durante uma blitz da Lei Seca, em São Luís. O agente de policia discutia com o condutor que estava alcoolizado, e por não se afastar da mesa onde o mesmo acompanhava os procedimentos, acabou sendo agredido e derrubado no chão. A outra policial que acompanhava na abordagem, ameaçou prender a pessoa que filmava o acontecimento.



Em outro caso, uma radialista denuncia que foi tratada como ''bandida'', após perder a placa dianteira do carro num alagamento. Ela teve o carro recolhido mesmo com a habilitação e documentos em dias, e a placa traseira lacrada. Em uma total arbitrariedade.


A ganância orquestrada pelo atual governo é tão grande que somente  no primeiro ano de implantação dessas blitz o governo e empresas privadas arremataram mais de R$ 2 milhões de reais com apreensão de veículos e em 2018 somente de Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foram mais de R$ 31 milhões de Reais. Uma verdadeira Mina de dinheiro, descoberta pelo governo, que não reveste toda essa arrecadação em beneficio a população e ao contrario a população é tratada como na era medieval,  do tempo do confisco. 







Um comentário:

  1. Eu concordo! esses Policiais da Bprv estão tratando as pessoas com chingamentos acreção. Eu mesmo já foi chingando e estou com tudo em dia Esso para mim e abuso de poder. A corregedoria deveria envetiga! o assalto que nos Maranhense estamos passando e preocupante!

    ResponderExcluir