segunda-feira, 19 de junho de 2017

Paço do Lumiar: ex-gestores são presos ou condenados por atos ilícitos




O município de Paço do Lumiar mostra que é um ótimo celeiro de péssimos gestores, em menos de uma semana Três ex-prefeitos foram alvo da justiça (Bia Venâncio Arôso, Mábenes Fonseca e Josemar Sobreiro), ambos por atos irregulares  durante o período que foram prefeito da respectiva cidade.


O primeiro caso é o da ex-prefeita Bia que no último sábado (17) foi presa pela Policia Federal quando chegava a São Luís, ela é acusada de desviar recursos públicos oriundos do governo federal destinados para a educação, o valor ultrapassa os R$ 14 milhões, a época Bia foi presa, sendo uma das primeiras gestoras a usar a tornozeleira eletrônica.


Outro que também caiu nas ''garras'' da justiça foi Mábenes Fonseca, ele foi condenado em ação penal pela juíza da 1ª Vara da Comarca de Paço Lumiar,Jaqueline Reis Caracas, ao cumprimento de pena de oito anos e seis meses de reclusão e ao pagamento de multa no valor de R$ 12.292,31, inabilitando-o para o exercício de cargo ou função pública (eletivos ou de nomeação) pelo prazo de cinco anos, o mesmo recorreu da decisão, porém, a justiça manteve a sentença desfavorável ao ex-gestor que teve a prisão decretada hoje (19).


Este último (Josemar Sobreiro) é bom ressaltar que não tem nenhuma condenação até o momento, ou mesmo, teve prisão decretada, mas Josemar esta também na mira da justiça, ele foi acionado pelo Ministério Público do Maranhão por transição irregular, ou seja, por omissão e ilegalidades no processo de transição da gestão municipal, além disso, Josemar não entregou o relatório exigido pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), ele também não deixou na Prefeitura os documentos necessários para que o atual prefeito, Domingos Dutra, concluísse o processo de transição.


Ainda hoje a cidade continua sem um prefeito decente, mergulhada no caos e abandono o que demonstra que não vai demorar muito para o atual prefeito também ‘cair’.



'' Só falta a Justiça terminar o serviço, apurando as denuncias oferecidas contra o atual prefeito Dutra das suspeitas de irregularidades, e punindo-o caso haja ilegalidades. ''

Nenhum comentário:

Postar um comentário