PESQUISAR

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Governo Dutra estaria com os dias contados?  Eis a questão...

Desde que assumiu a prefeitura de Paço do Lumiar o prefeito Dutra (PCdoB), tem enfrentado dificuldades para governar, o que desencadeou uma crise política/ administrativa, porém nos últimos dias a situação se agravou chegando ao colapso, tendo como ponto focal da crise a sua amada esposa, a primeira dama Drª Núbia (SD) que é secretária de finanças, sendo ela a controladora de 'tudo'.

De acordo com informações reveladas pelo blog Domingos Costa, há grandes indícios de fraudes em licitações, o que determinou na terça-feira (6) uma 'visita' dos homens do Ministério Público na prefeitura municipal para buscar os documentos com suspeita de ilicitude. Os processos licitatórios apresentam possíveis ilegalidades e vícios, tendo em vista, uma espécie de 'fabricação' que é caracterizado de fraude.


Além da Drª, Dutra conta com a sua própria incompetência, bem como a falta de articulação com o poder legislativo.  Para aumentar ainda mais a crise, os funcionários da saúde já ameaçam fazer greve por causa dos salários atrasados.


Outro ponto que tem tirado o sossego do comunista é o processo a qual responde na justiça eleitoral por abuso de poder político/econômico, que a pesar de tramitar a passos lentos, logo deverá ter uma sentença final que provavelmente poderá cassar o mandato dele. Com todo esse desgaste e o não cumprimento dos acordos, os palacianos começam a sinalizar para uma debandada geral, sendo assim fechando os olhos para o ‘homem que não tem medo do Futi’ deixando-o a Deus dará. Todo o motivo dessa debandada tem nome, ‘Núbia Feitosa’ que quer disputar em 2018 a eleição para ser deputada federal.


Diante deste cenário que se apresenta, é inevitável diz que o governo Dutra está perto do fim!
Antes de concluir, é bom deixar claro que quem cassa de fato e de direito o prefeito são os vereadores ( A CÂMARA MUNICIPAL) mas essa questão vem em outra matéria.
Veja na integra os documentos com possíveis irregularidades.





Nenhum comentário:

Postar um comentário