PESQUISAR

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Um dos envolvidos na chacina de Panaquatira foi morto em Predrinhas após fuga de detentos


Um dos detentos alvejado durante a fuga na noite de ontem, dia 21, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, foi responsável pela morte do soldado da Polícia Militar, Max Muller Rodrigues de Carvalho.
Jean Silva Santos, vulgo Piolho, trocou tiros com os agentes penitenciários, ao tentar fugir da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), antigo CDP. Ele morreu no local.
Piolho participou da chacina em Panaquatira, onde cinco pessoas morreram e três ficaram feridas. O casso ocorreu em 2015.
O soldado Max Muller estava no local, quando Piolho e mais cinco homens armados invadiram a casa de praia. O PM foi reagir ao assalto e morreu.
Em vários grupos de WhatsApp, principalmente de policiais, circula a foto do corpo do detendo estirado na ‘pedra’.
Blog do Luis Pablo

Nenhum comentário:

Postar um comentário