PESQUISAR

sexta-feira, 12 de maio de 2017

IMAGEM ILUSTRATIVA

A operação deflagrada pela Polícia Civil no estado do Maranhão no último dia (4) que culminou com a prisão de várias pessoas entre elas ex-vereador Irmão Campelo envolvidas em agiotagem, tem deixado alguns políticos preocupados, inclusive em Paço do Lumiar.
De acordo com informações apuradas e já divulgadas por outros veículos de comunicação, o agiota Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan que foi preso e identificado como líder da organização criminosa de acordo com a policia, pode revelar nomes de políticos que receberam dinheiro oriundo de corrupção em prefeituras maranhenses para bancar campanhas políticas.
A operação que é denominda de 'Jenga' está na segunda fase e tenta identificar a rede de ex-prefeitos e outros agentes públicos que se envolveram com o crime de agiotagem.
Caso Pacovan 'abra o jogo', o estrago será grande, inclusive em Paço do Lumiar, onde alguns homens públicos já estão sem dormir, e vivendo a base de revotril.


Nenhum comentário:

Postar um comentário