terça-feira, 7 de março de 2017

Vídeo: Vereador Miau Oliveira da  o pulo do gato e tem ''Ataque de nervosismo'' na sessão 
Na manhã desta terça-feira (07), cenas patéticas foram protagonizadas pelo vereador Kerlon de Oliveira Asevedo vulgo Miau Oliveira (PDT). Durante o uso da tribuna na sessão, o vereador anunciou sua saída do  Grupo de 9 vereadores o (G9), após uma leve contestação do presidente da Câmara, vereador  Marinho do Paço (PROS), o pedetista  teve um verdadeiro ataque de nervosismo. Com um ar de arrogância e totalmente desequilibrado Miau esbravejou  contra a postura do vereador Marinho que prontamente colocou o edil estérico no bolso.
Como se não bastasse a ira desnecessária de Miau, o mesmo se sentiu ofendido após o vereador Marinho chama-ló de VOCÊ. '' V.Ex.ª não pode me chamar de você... me respeite, me chame de V.Ex.ª'', de você não! Sou vereador não me chame de você, sou V.Ex.ª, disse Miau totalmente alterado.
Ainda durante o uso da palavra da vereadora Vanusa Neves (PSDB), Miau estimulado pelo colega de parlamento Vereador Leonardo Bruno (PPS), voltou a protagonizar um embate com o presidente da Casa vereador Marinho.
MIAU DESCONTROLADO
 
Insatisfeito, Miau tumultuo a sessão e proferiu palavras contra Marinho do Paço e interrompeu a fala da oradora. 
_ Você vereador está interrompendo a sessão, disse Marinho.
_ Não irei me calar, não me chame de você, disse Miau.
_Você está atrapalhando a sessão, a oradora não lhe deu a parte, por favor fique calado! Retrucou Marinho.
_Não irei me calar, eu não reconheço as comissões, não vou me calar, sou vereador! Não quero saber se a vereadora dá ou não dá a parte...disse Miau.
_ Não vou me calar, da forma como V.Ex.ª quer, disse Miau.
MIAU PODE SE COMPLICAR
 NOS PRÓXIMOS DIAS
Vale lembrar que não é a primeira vez que Miau se envolve em discussões vexatórias que nada agrega  para o município, em 2016 ele teve um embate com o ex-vereador Alderico Campos. Com mais essa mudança de lado o pedetista carrega em seu histórico político a fama de vereador sem coerência e respeito pelo povo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário