quarta-feira, 8 de março de 2017

Paço do Lumiar: Sessão ordinária na câmara municipal acontece em meio ao tumulto de alguns vereadores


Nesta terça-feira (7), aconteceu mais uma sessão na câmara municipal de Paço do Lumiar. Os trabalhos tiveram inicio sob o comando da segunda vice-presidente da casa, vereadora Vanusa Neves (PSDB). Com a presença maciça na galeria dos profissionais que compõe a educação e seus respectivos sindicatos, que vieram em busca dos seus direitos. 
O vereador Puluca (PV) foi o primeiro a usar a tribuna para prestar apoio a colega de parlamento a vereadora Drielle da Pindoba que vem enfrentando problemas dentro do seu partido, Puluca condenou o posicionamento do prefeito Dutra e disse que ele (o prefeito) devia se preocupar é em trabalha pelo povo, '' eu ficou estarrecido com uma situação dessa, o prefeito tem que trabalhar, a Drielle foi eleita pelo povo. E digo quando o prefeito fizer coisa boa vou aplaudir, mas quando fizer coisa errada vou criticar, disse Puluca.
MIAU DESCONTROLADO
Logo em seguida o vereador Miau Oliveira (PDT), usou a tribuna para anunciar a sua saída do grupo ''G9'', e disse que tinha suas razões e motivações pela tomada de decisão, o pedetista foi além e disse que protocolou um requerimento na casa desconhecendo as comissões a qual ele faz parte, o presidente da casa vereador Marinho do Paço fez uma leve contestação e definitivamente  Miau perdeu o controle emocional, causando um enorme tumulto e bate boca na sessão. 
O orador seguinte foi o vereador Inácio Ferreira (PHS) que falou sobre sua diversas indicações para a melhoria da ruas e avenidas no município.
A vereadora Drielle da Pindoba (PCdoB) falou das  lutas que trava por uma educação melhor dentro do município e  lembrou a passagem pelo dia da mulher.
A vereadora Ana Lúcia (PDT), enfatizou a classe da educação que luta por melhores condições de trabalho e salários justos e conclamou os profissionais para que fiquem emanados em busca de suas conquistas, e parabenizou  todas as mulheres pelo dia 8 de março.
O vereador Leonardo Bruno (PPS), enfatizou a possibilidade de acelerar o processo de um projeto referente a classe da educação, porém foi reprimido pelo presidente da casa vereador Marinho que elencou tempo para analisar o projeto visto que a casa só tomou conhecimento do conteúdo do projeto horas antes do começo da sessão.
A  vereadora Vanusa Neves (PSDB) usou a tribuna para rebater as criticas feita pelo vereador Miau, e mais uma vez o pedetista ficou descontrolado causando mais um tumulto no plenário Joaquim Aroso.
Marinho ameaçou encerrar a sessão caso Miau não se acalmasse.
CARME AROSO
A vereadora Carmem Aroso (PMDB) se solidarizou com a classe educadora, desmascarou o atual governo municipal que omitiu a documentação do projeto dos profissionais da educação que  e também sinalizou apoio a vereadora Direlle da Pindoba pela bravura que enfrenta o processo interno no partido e   parabenizou as mulheres pela passagem do dia 8 de março. 
A vereadora Orlete Mafra (PRTB), pediu uma saudação as mulheres do parlamento luminense e estendeu a homenagem de uma forma geral as todas as mulheres  
HOMENAGEM DA VEREADORA ORLETE
 Por fim o Presidente Marinho do Paço (PROS) afirmou que vai analisar o projeto com mais brevidade possível a fim de solucionar o impasse que ronda os profissionais da educação e parabenizou as mulheres pelo seu dia destacando o projeto de sua autoria ainda do primeiro mandato da comenda a mulher luminense.



Nenhum comentário:

Postar um comentário