terça-feira, 29 de novembro de 2016

Prefeito de Medellín  confirma  25 mortos na tragédia com a Chapecoense  

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29).
O prefeito de Medellín, Frederico Gutierrez, disse que o acidente matou ao menos 25 pessoas. Há sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.
Autoridades colombianas falam em 75 mortos no acidente aéreo. A informação é do General José Acevedo Ossa, da polícia local, responsável pelo resgate.
Segundo informações do Bom Dia Brasil, o diretor de um hospital envolvido no socorro disse que apenas cinco pessoas sobreviveram ao acidente: três jogadores, um jornalista e um comissário. Não há, por enquanto, identificação das vítimas fatais.




Nenhum comentário:

Postar um comentário