quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Extra!  Movimentações do Cenário político podem deixar Dutra na corda bamba 

Nos últimos dias sussurra-se a possibilidade de uma revira volta no cenário político em Paço do Lumiar, segundo informações de pessoas entendidas no assunto e que ganhou força nesta quinta-feira (24), é a possibilidade do prefeito eleito Dutra não assumir a prefeitura, o caso é complexo mas que acende a chama de grupos adversários ao candidato que saiu vitorioso no dia 2 de outubro.
ENTENDA O CASO
Todo esse alvoroço, se dá pelo montante de ações impetradas contra Dutra pelas coligações ''A vontade de todos'' movimentada pelos partidos representantes da coligação; Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e Partido Republicano Brasileiro (PRB) além da coligação ''De novo trabalhando pelo povo'', que alegam abuso de poder econômico(uso da máquina pública). Ainda em uma das ações, eles alegam campanha antecipada de Dutra, participação de distribuição em títulos de terra em nome do governador Flávio Dino, interviu junto ao governo do estado, garantindo asfaltamento de ruas  e avenidas no município, em período eleitoral, o que é ilegal de acordo com a justiça eleitoral.
Diante das ações judiciais com pedido de cassação da candidatura do comunista, a Promotoria  da Justiça Eleitoral recebeu representação e instaurou  a denúncia feita pelo cidadão Raimundo Ramos Cavalcanti Barcelar, que afirma o ex-deputado estaria  utilizando  serviços e obras do Governo do Estado do Maranhão para promoção pessoal.


Todavia, todas ás ações contra o prefeito eleito estão em andamento, sendo apuradas. O desenrolar e conclusão de todas essas  ações podem demorar. 
Em declaração a um blog do município ''  A campanha de Dutra já declarou que a ação parte de premissas equivocadas. Por isso, tem argumentos "frágeis e que carecem dos mínimos elementos probatórios", ''.

No entanto as argumentações feitas nas ações são comprometedoras caso sejam comprovadas, e podem deixar o comunista na corda bamba. É importante esclarecer que mesmo Dutra sendo diplomado, ainda assim, o mesmo pode ser afastado do cargo ainda no exercício da função.
Agora vamos aguardar novas informações sobre o caso. 

Imagens reproduzidas de outro blog


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário