segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BONJOUR CURUMIM
Américo Azevedo lança espetáculo que retrata a história de São Luís


A peça brinca com o linguajar, a cultura, as questões sociais, políticas e administrativas da cidade
  

A Companhia Cazumbá de Teatro e Dança, que completa 43 anos de existência, apresenta a peça Bonjour Curumim. O espetáculo é assinado e dirigido por Américo Azevedo Neto e será encenada no período de 9 a 11 de dezembro, no Convento das Mercês, no Desterro.
 Embora seja poeta, cronista, romancista, folclorista, jornalista e membro da Academia Maranhense de Letras, onde ocupa a cadeira 19, Américo Azevedo, gosta mesmo é de ser chamado “Homem de Teatro”. Não teatrólogo, por achar pernóstico; nem ator que já foi, nem diretor e coreógrafo, que ainda é. “Homem de Teatro”, em sua opinião, diz tudo.

Sobre a montagem, Américo conta que o espetáculo se utiliza de uma linguagem naturalista para narrar um pouco da história de São Luís. Brinca com sua cultura, seus atrasos e falhas. 

“Não mostramos apenas o passado, seus atrasos impostos por ancestrais e rotineiros erros administrativos e político, mas, lamentamos também suas tortas alterações urbanas decorrentes de um progresso confuso e desordenado por muitos”, contou Américo.

Após vivenciar, estudar, ler e observar como está a capital maranhense, Américo se inspirou e relata, através de contos, poemas e de um grande elenco, as questões ambientais da Grande Ilha.

“Através de um poema, que tem o título: “Deus, por favor, me Escuta”, que retratamos a realidade da questão ambiental da nossa Ilha. Ou seja, nos indignamos com o descaso dos últimos anos e a irresponsável displicência com que vêm sendo tratadas as questões ambientais. O espetáculo é, principalmente, um grito de alerta, apoiado em saudades, preocupações e lamentos que deveriam ser de todos”, explicou.


 O QUÊ: Espetáculo Bonjour Curumim
DIREÇÃO: Américo Azevedo Neto
QUANDO: 9, 10 e 11 de dezembro
ONDE: Convento das Mercês
HORA: 20h
ENTRADA: 1 Kg de alimento não perecível
Duração: 1h10
Classificação indicada: Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário