sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Ocultação; Ricardo Murad continua na linha de investigação
RICARDO MURAD
O Imparcial -  A Policia Federal(PF) e a Controladoria Geral da União(CGU) deflagraram, na manhã desta  quinta-feira(6), a 2ª e 3ª fase da Operação Sermão aos Peixes, que investiga o desvio de verbas da saúde. As Operações  foram denominadas de Abscôndito e Voadores.
Uma coletiva de imprensa pela Polícia Federal na Superintendência  Regional, em São Luís. Na ocasião, o delegado Wedison Cajé esclareceu detalhes  das operações. Ele menciona a intervenção de Ricardo Murad  na primeira fase  da investigação, a Operação Sermão aos Peixes. ''Ele citou detalhes da operação, e para nossa infelicidade sua fonte  estava correta. Os investigados agiram pra causar embaraço e destruição de provas'', relatou o delegado. 
Logo após os investigados terem informação da operação , a PF descobriu a venda de uma aeronave modelo Beechcraft que na época pertencia a empresa Cobra, uma das investigadas.
O avião com valor  comercial de R$ 2,5 MILHÕES  foi vendido por R$ 400 mil, valor que segundo a PF é cinco vezes abaixo do preço de mercado.
As ações dos investigados serviram para ocultar provas de desvio bilionário de verbas destinadas a rede de Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário