PESQUISAR

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Últimas Notícias
Paralisação de peritos oficiais foi decretado

Em assembléia realizada na última quinta-feira(9) na sede do Instituto de Criminalista(INCRIM), os peritos oficiais  do Estado do Maranhão decidiram cruzar os braços, após um período  longo de negociações. Segundo informações, a  categoria veem negociando a seis meses com o governo do Estado mas não obtiveram sucesso. Os peritos querem um reajuste de 15%  dividido em parcelas, de 6%, 6% e 3% respectivamente para os anos de 2016, 2017 e 2018. O governo do Estado enviou uma nova proposta mas a categoria não concordou, dando início a uma paralisação de 48 horas.
“Ressalte-se que, dentro da mesma Instituição, Polícia Civil, o tratamento dado pelo Governo às categorias que compõem a mesma foi extremamente diferenciado, de um lado figura aquela agraciada com 40.7% de reajuste em seu subsídio, implantados ao longo do ano de 2015 e em última parcela no mês de junho de 2016, no outro extremo, relegados ao descaso, estão as outras categorias, tão dignas quanto aquela, de receberem tratamento equivalente. As demais, nossa categoria inclusive, foram ‘merecedoras’ de ínfimos 5% no ano de 2015, nada além. Estabeleceu-se um verdadeiro abismo. Em uma balança de dois pesos e duas medidas, foram criadas as bases do desequilíbrio e da insatisfação”, afirmou a presidente da apotec, Anne Kelly.


Presidente do Bem Viver  é denunciado por procurador  a suspeita de desvio de verbas da Saúde 
O presidente da Associação Tocantina para o desenvolvimento da Saúde-Bem Viver, Valdeney Francisco Saraiva, foi um dos denunciados pelo Ministério Público Federal(MPF), por meio  do procurador da República no Estado do Maranhão, Régis Richael Primo da Silva, por desvios de recursos do Fundo Estadual de Saúde(FES), administrado pela Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão.
A denúncia foi encaminhada ao juiz federal da 1ª Vara  da Seção Judiciária do Maranhão e pretende responsabilizar penalmente dirigentes e administradores de empresas contratadas para prestar serviços  de assistência á saúde no Maranhão. Os recursos financeiros para custear tais serviços provinham do FES.
Ainda de acordo com a denúncia, Valdeney teria recebido o valor de R$227.845.629,49 do Centro Oncológico Brasileiro(COBRA) para ocultar a origem do dinheiro público desviado em proveito da empresa.
Segundo o Ministério Público Federal, Valdeney Francisco Saraiva da Silva praticou os crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O dirigente da Bem Viver foi alvo da Operação Sermão aos Peixes, deflagada pela PF, em novembro de 2015. 

Mais um fantasma envolvendo a família Cutrim
 Após a justiça determinar um 'pente fino' na área administrativa e de RH(Recursos Humanos) da Assembléia Legislativa do Maranhão, mais um ''fantasmão'' foi descoberto, dessa vez a nora do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado(TCE), Dr. Edmar Cutrim.
EDMAR CUTRIM E SEUS FANTASMAS
Flaviana Manuella Froes Abreu Pavão é servidora do Hospital Infantil Dr.Juvêncio Mattos mas era lotada  para prestar serviço  no mesmo horário em que deveria estar trabalhando na AL-MA. De acordo com informações de servidores da casa, ela nunca apareceu ao local de trabalho. 
Flaviana foi exonerada na última quarta-feira(9) do cargo em comissão, símbolo DANS1, de coordernador parlamentar do Poder Legislativo estadual que ocupava desde fevereiro de 2015, onde era lotada do gabinete do deputado estadual Glaubert Cutrim(PDT) filho de Edmar Cutrim.





Nenhum comentário:

Postar um comentário